JavaScript Disabled. For a better experience on this website please enable JavaScript in your browser.
SGAS 605 Conjunto E, Lotes 34/37 | Brasilia, DF 70200-650 Brazil | 55 (61) 3442-9700 | Contact Us
Nov
16

BSBMUN III

BSBMUN III

“Developing a global vision through student empowerment.”

When staff and students walked onto the EAB campus at the end of last week they were welcomed with a sign featuring those words underscoring the Brasilia Model United Nations conference name and logo in the familiar UN blue. For the third consecutive year of this event, the statement represented more than just a catchy slogan, but became an authentic tagline for this student-led global issues summit.

Few experiences provide young adults such marvelous opportunities for intelligent and thoughtful engagement with real world topics like MUN. From pondering political predicaments in Turkey and Haiti, to reflecting on the horrors of human rights violations in war-torn Syria, these student-delegates crafted solutions and cobbled together agreements that give hope to a better future. While contemplating historical scenarios such as a coup d’état in Brazil and the power struggles of Old Byzantium, participants practiced the diplomatic skills necessary to avoid conflict yet to come.

In total, 147 delegates attended this edition of BSBMUN, mostly from schools across the Federal District. However, a single contingent representing the American School of Rio joined us for the first time this year to raise the standard of debate and help turn this regional conference into something with more of a national profile. EAB had 36 total delegates (seven more than last year) take part with at least one chair in each committee responsible for researching and organizing topics and well as supervising the debates.

As for awards, EAB did extraordinarily well at earning official recognition. Knowing that we were being watched closely as hosts, our students led by example and stood out in fine form: with only twenty-four percent of the delegates at the conference, it is indeed impressive to be awarded nearly half of all certificates presented.

Special mention goes to the MUN student executive who slogged behind the scenes for months to make this worthwhile event take place. In the top job, João Bosco Lucena proved to be a remarkable and composed Secretary General, and the admirable Lucas Duchrow, the Chief Information Officer, both of whom pulled off herculean tasks in getting the school ready for BSBMUN III and ensuring everything was running smoothly during the event itself.

Hosting your own conference is never easy, particularly one that is growing with each passing year. But there is much satisfaction in realizing all the hard work and efforts have been worth it, especially when it adheres to the important aim of empowering students for a more global world.



BSBMUN III

"Desenvolver uma visão global através da capacitação dos estudantes".
 
Quando o staff e os alunos entraram no campus da EAB no final da semana passada, foram recebidos com um cartaz com essas palavras, sublinhando o nome e o logotipo da conferência das Nações Unidas de Brasília no azul da ONU. Pelo terceiro ano consecutivo deste evento, a declaração representou mais do que apenas um slogan atrativo, mas tornou-se um alinhamento autêntico para esta cúpula mundial de questões liderada por estudantes.

Poucas experiências proporcionam á jovens adultos oportunidades maravilhosas para um envolvimento inteligente e pensativo com tópicos do mundo real, como o MUN. De uma reflexão sobre as dificuldades políticas na Turquia e no Haiti, para refletir sobre os horrores das violações dos direitos humanos na Síria devastada pela guerra, esses estudantes delegados criaram soluções e combinaram acordos que dão esperança a um futuro melhor. Ao contemplar cenários históricos como um golpe de Estado no Brasil e as lutas de poder do antigo Bizâncio, os participantes praticaram as habilidades diplomáticas necessárias para evitar conflitos ainda por vir.

No total, 147 delegados participaram desta edição do BSBMUN, principalmente de escolas do Distrito Federal. No entanto, um único contingente que representa a Escola Americana do Rio se juntou a nós pela primeira vez neste ano para elevar o padrão de debate e ajudar a transformar esta conferência regional em algo com um perfil mais nacional. A EAB teve 36 delegações totais (sete a mais do que no ano passado) com pelo menos uma cadeira em cada comissão responsável pela pesquisa e organização de tópicos e também como supervisão dos debates.

Quanto aos prêmios, a EAB ganhou reconhecimento oficial. Sabendo que estávamos sendo observados de perto como anfitriões, nossos alunos lideraram pelo exemplo e se destacaram de forma fina: com apenas vinte e quatro por cento dos delegados na conferência, é realmente impressionante receber quase metade de todos os certificados apresentados.

Menção especial é para o ‘’aluno executivo’’ que se esforçou atrás dos bastidores durante meses para que este evento valente acontecesse. No alto do trabalho, João Bosco Lucena provou ser um notável Secretário-Geral, e o admirável Lucas Duchrow, Diretor de Informações, que realizaram tarefas hercúleas para preparar a escola para o BSBMUN III e garantir que tudo funcionasse sem problemas durante o próprio evento.

Hospedar sua própria conferência nunca é fácil, particularmente um que está crescendo com cada ano que passa. Mas há muita satisfação em perceber que todo o trabalho árduo e os esforços valeram a pena, especialmente quando se adere ao importante objetivo de capacitar os alunos para um mundo mais global.

Archive
Welcome! Please sign in:

Can't access your account?