JavaScript Disabled. For a better experience on this website please enable JavaScript in your browser.
SGAS 605 Conjunto E, Lotes 34/37 | Brasilia, DF 70200-650 Brazil | 55 (61) 3442-9700 | Contact Us
Mar
21

Developing Leaders at EAB

As one of the pillars of the EAB Vision, the development of leadership is a fundamental part of the education we provide and we have some evidence that we are finding success through our efforts.  Consider that in a survey for High School students given at the end of the first quarter of this school year, 43% of the 172 respondents reported that they serve in a formal leadership role.

As importantly, our students' perception of their ability to lead is high as demonstrated by their responses to the survey when asked if they feel they have opportunities to develop leadership skills.  

 

Further Evidence of Success

Aside from student perception, it is evident that student leadership is ubiquitous on our campus on a daily basis in very visible ways and those not so easily seen.  I have mentioned many times that fundamental EAB events such as TEDxYouth@EAB and Brasilia Model United Nations, were envisioned, organized, and executed by EAB Students.  

What is less obvious is that every time a student serves those less fortunate through our Service programs, takes the athletic fields or courts to represent our school, or participates in a Model United Nations conference, they are encouraged and supported by student leaders who were chosen by their peers and teachers to lead.

Student Leaders in the High School run tutoring programs on campus, organize jeans day, teach those less-fortunate to speak English, work with teachers to improve academic programs, and welcome new students to our community.  Truly, student leadership and student empowerment are part of the fabric of this school.

In my last Bulletin article of February 6, I mentioned a project called "Our School. Our Story. Our Success." The full video statement by nine members of the Class of 2019 on what makes EAB a successful school is below.  Though none of the students speaks overtly about leadership, just under the surface of all of their statements is a belief that they are not only empowered but expected to lead in ways both formal and informal and in efforts big and small.  

The Future of Leadership at EAB

A great strength of The American School of Brasilia is that we know our work as educators is never done and therefore continuously strive to improve that work in the service of our students.  Our commitment to developing student leaders is no different. In writing this article, I realize that we do not have a standard, schoolwide definition of what it means to be a leader. It also struck me that according to the survey results above, 25% of our students feel they are not given opportunities to develop their leadership.  

In the coming weeks, I hope to organize a group of student and teacher leaders to develop a definition of leadership at EAB. Once we have clarity on what it means to be a leader, we can then brainstorm how we can better ensure that all students feel empowered to develop their abilities as leaders inside the classroom and out.

The Vision of our school is "To positively impact the world through excellence in academics, activities, arts, leadership, and service." This is a powerful vision in that it not only outlines EAB's commitment to the whole child but also highlights our responsibility to use the knowledge, skills, and expertise developed at our school to make the world a better place.  We take this responsibility seriously at EAB and therefore will continue to develop programs that fulfill the EAB Vision and serve our school, our community, and the world by developing programs that nurture student leaders now and forever.

 

David Bair

High School Principal 

 


 

Desenvolvendo Líderes na EAB

Como um dos pilares da Visão da EAB, o desenvolvimento da liderança é uma parte fundamental da educação que fornecemos e temos algumas evidências de que estamos obtendo sucesso por meio de nossos esforços. Considere que, em uma pesquisa para alunos do ensino médio dada no final do primeiro trimestre deste ano letivo, 43% dos 172 entrevistados relataram que eles servem em um papel de liderança formal.

O mais importante é que a percepção dos alunos sobre sua capacidade de liderança é alta, conforme demonstrado por suas respostas à pesquisa, quando perguntados se sentem que têm oportunidades de desenvolver habilidades de liderança.


Mais evidências do sucesso

Além da percepção do aluno, é evidente que a liderança estudantil é onipresente em nosso campus diariamente, de formas muito visíveis e não tão facilmente vistas. Mencionei muitas vezes que os eventos fundamentais da EAB, como o TEDxYouth @ EAB e o Modelo das Nações Unidas de Brasília, foram idealizados, organizados e executados pelos alunos da EAB.

O que é menos óbvio é que toda vez que um aluno atende aos menos afortunados através de nossos programas de serviço, leva os campos de atletismo ou quadras para representar nossa escola ou quando participa de uma conferência das Nações Unidas, eles são encorajados e apoiados por líderes estudantis que são selecionados para liderar por seus colegas e professores.

Líderes estudantis no Ensino Médio realizam programas de tutoria no campus, organizam o dia do jeans, ensinam os menos afortunados a falar inglês, trabalham com os professores para melhorar os programas acadêmicos e acolhem novos alunos em nossa comunidade. Verdadeiramente, a liderança estudantil e o empoderamento dos alunos fazem parte do tecido desta escola.

Em meu último artigo do Boletim do dia 6 de fevereiro, mencionei um projeto chamado "Nossa Escola. Nossa História. Nosso Sucesso". A declaração em vídeo completa de nove membros da Turma de 2019 sobre o que faz da EAB uma escola de sucesso está nesta página. Embora nenhum dos alunos fale abertamente sobre liderança, apenas sob a superfície de todas as suas declarações está a crença de que eles não apenas estão capacitados, mas devem liderar de maneiras tanto formais quanto informais e em esforços grandes e pequenos.

 

O futuro da liderança na EAB

Uma grande força da Escola Americana de Brasília é que sabemos que nosso trabalho como educadores nunca estagna e, portanto, nos esforçamos continuamente para melhorar o trabalho a serviço de nossos alunos. Nosso compromisso com o desenvolvimento de líderes estudantis não é diferente. Ao escrever este artigo, percebo que não temos uma definição padrão da escola sobre o que significa ser um líder. Também me ocorreu que, de acordo com os resultados da pesquisa acima, 25% de nossos alunos sentem que não têm oportunidades de desenvolver sua liderança.

Nas próximas semanas, espero organizar um grupo de alunos e líderes de professores para desenvolver uma definição de liderança na EAB. Uma vez que tenhamos clareza sobre o que significa ser um líder, poderemos então debater como podemos garantir que todos os alunos se sintam capacitados para desenvolverem suas habilidades como líderes dentro e fora da sala de aula.

A visão da nossa escola é "impactar positivamente o mundo através da excelência acadêmica, atividades, artes, liderança e serviço". Essa é uma visão poderosa, pois não apenas delineia o compromisso da EAB com a criança como um todo, mas também destaca nossa responsabilidade de usar os conhecimentos, habilidades e conhecimentos desenvolvidos em nossa escola para tornar o mundo um lugar melhor. Levamos essa responsabilidade a sério na EAB e, portanto, continuaremos desenvolvendo programas que atendam à Visão da EAB e sirvam à nossa escola, à nossa comunidade e ao mundo desenvolvendo programas que estimulem os líderes estudantis agora e para sempre.

 

David Bair

Diretor do Ensino Médio

Archive
Welcome! Please sign in:

Can't access your account?