JavaScript Disabled. For a better experience on this website please enable JavaScript in your browser.
SGAS 605 Conjunto E, Lotes 34/37 | Brasilia, DF 70200-650 Brazil | 55 (61) 3442-9700 | Contact Us
Feb
28

Teachers are Learners, Too! Watch Us Grow!

I’d like to take this opportunity to share with you some of the tremendous learning that is going on at EAB. No, I am not referring to the rich learning experiences our students receive every day. I am referencing the professional growth and development of our teachers and staff here at EAB.

Looking at EAB’s mission statement, the first part refers to learners inspiring learners. When being developed, the school was very intentional in offering a generalized conception of a learner with this foundational statement. At EAB, learners come in all ages. In order to provide those rigorous and engaging learning experiences for students, teachers need to grow and keep up with best practices. Someone once said, “Every flower deserves sunshine and water; every flower deserves to grow.” Just like our students are in a constant state of growth so, too, are our teachers. In fact, as they are engaged in their professional growth, we encourage our staff to talk with their students about the learning they are undertaking. We believe sharing their learning models a powerful notion of lifelong learning for our students to follow! In fact, I challenge you to think of ways you continue to learn and to share those authentic experiences with your children at home.  

As many of you know, Erma Anderson was just here. Two weekends ago, multiple teachers and staff from across school divisions completed their math specialist for international schools certification with Erma. What a huge accomplishment for them and EAB! This two-year professional development has already enriched mathematical thinking and generalized problem solving in our classrooms, and it has set us on a trajectory of empowering math instruction at EAB for years to come.

Beyond math, teachers are continuing to learn about best practices with reader’s workshop. We are reflecting on our practices and collaborating with each other in order to improve our instruction and thereby lead to greater student achievement. We are excited about Maggie Moon’s upcoming consultancy next month. As you know, Maggie is a literacy consultant from New York, and she will be coming back to EAB to collaborate with lower and middle school staff on learner-centered literacy practices.  

Though too numerous to list individually, our teachers are also involved in a variety of other rich learning efforts. Science is a big curricular focus for the Lower School, and two of our staff members are about to begin an intensive online professional development seminar focused on Science, Technology, Engineering, and Math (STEM) instruction. The knowledge they gain from this online course will help them lead ongoing professional development for our EAB staff.

Lastly, I’d like to close with a description of the book study in which most of the Lower School is participating. A combination of teachers, teacher assistants, and administrators are currently examining Katie Martin’s Learner-Centered Innovation. Book studies are powerful vehicles for professional development because staff members are able to engage in authentic discourse around a text and think about how it fits within our school setting. The following is a direct quote from the book. I think it captures our commitment to ongoing learning, and it embodies the dedication we have to the students and families we serve. “Innovation flourishes when teachers collaborate on best practices; are provided opportunities to question, learn, and explore new methods; and are guided by a common vision and support. To create a culture of learning and innovation for all, meaningful experiences for all learners must be situated in an ecosystem that redefines how we measure success, prioritizes learning at all levels, and is always evolving to meet the needs of those we serve.”

Thanks for watching us grow!

 

Darik Williams

Lower School Assistant Principal

 


 

 

Professores também são aprendizes! Veja-nos crescer!

Eu gostaria de aproveitar esta oportunidade para contar a vocês sobre alguns aprendizados formidáveis que estão ocorrendo na EAB. Mas não estou me referindo às ricas experiências de aprendizagem que nossos alunos recebem todos os dias. Estou falando do crescimento e aprimoramento profissional de nossos colegas, aqui da EAB.

Analisando a missão da EAB, a primeira parte refere-se a aprendizes inspirando aprendizes. Ao ser desenvolvida, uma concepção mais geral de aprendiz foi usada intencionalmente no texto da missão, pois, na EAB, os aprendizes vêm em todas as idades. Para poder fornecer experiências de aprendizado ricas e envolventes para os alunos, os professores precisam estar sempre crescendo e sendo instruídos sobre as melhores práticas de ensino recomendadas. Alguém disse uma vez: "Toda flor merece a luz do sol e água; toda flor merece crescer". Assim como nossos alunos estão em constante crescimento, nossos professores também devem estar. De fato, conforme eles se engajam em crescimento profissional, os encorajamos a contar a seus alunos sobre o que estão empreendendo. Acreditamos que compartilhar sobre o aprendizado serve de exemplo e modela uma noção poderosa de que o aprendizado é para a vida toda, estimulando os alunos a seguir este caminho. Na verdade, desafio a todos a pensar nas maneiras pelas quais continuam aprendendo e como compartilham essas experiências com seus filhos, em casa.

Como muitos de vocês sabem, Erma Anderson esteve aqui, há dois fins de semana atrás, e vários professores e colegas de todos os departamentos da escola concluíram sua certificação de Especialistas em Matemática para Escolas Internacionais. Que grande conquista para eles e para a EAB! Este desenvolvimento profissional, que durou dois anos, enriqueceu o pensamento matemático e a solução geral de problemas, em nossas salas de aula, nos colocando em uma trajetória para promover a capacitação da instrução de matemática, na EAB, por muitos anos pela frente.

Além da matemática, os professores também continuam aprendendo sobre as melhores práticas de ensino, com a oficina do leitor. Estamos debatendo sobre nossas práticas e colaborando uns com os outros, a fim de melhorar a forma como ensinamos e, assim, levar a um maior desempenho dos alunos. Estamos entusiasmados com a próxima consultoria de Maggie Moon, no mês que vem. Maggie é uma consultora em alfabetização e leitura, da cidade de Nova York, e voltará à EAB para colaborar com a equipe do Lower e Middle School, em práticas de ensino em alfabetização e leitura, centradas no aluno.

Embora muito numerosas para serem listadas individualmente, nossos professores estão envolvidos em uma variedade de outras atividades de aprendizado. A ciência é um dos focos de maior destaque para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, e dois de nossos colegas estão prestes a iniciar um seminário intensivo on-line, focado na instrução de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM), como o objetivo de se desenvolver profissionalmente. O conhecimento que eles obterem, neste curso on-line, os ajudará a liderar o desenvolvimento profissional contínuo de outros colegas, aqui da EAB.

Por fim, gostaria de encerrar com uma descrição sobre o estudo dirigido do qual a maior parte do Lower School está participando. Uma combinação de professores, assistentes de sala e administradores está atualmente examinando o livro Learner-Centered Innovation (Inovação Centrada no Aluno/Aprendiz), de Katie Martin. Essas discussões literárias são veículo poderoso para o desenvolvimento profissional, possibilitando aos participantes se envolver em debates em torno do texto, trazendo o conhecimento para o nosso contexto escolar. Logo abaixo, está uma citação direta do livro. Acredito que exprima com fidelidade nosso compromisso com o aprendizado contínuo e a dedicação que temos com os alunos e famílias que servimos. "A inovação floresce quando os professores colaboram entre si sobre as melhores práticas de ensino; têm oportunidade de questionar, aprender e explorar novos métodos; e são guiados por uma visão e apoio comuns. Para criar uma cultura de aprendizado e inovação para todos, experiências significativas para todos os aprendizes devem estar situadas em um ecossistema que redefine a forma como medimos o sucesso, prioriza o aprendizado em todos os níveis e está sempre evoluindo para atender às necessidades daqueles a quem servimos”.

Obrigado por nos ver crescer!

 

Darik Williams

Diretor Assistente da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I

Archive
Welcome! Please sign in:

Can't access your account?