JavaScript Disabled. For a better experience on this website please enable JavaScript in your browser.
SGAS 605 Conjunto E, Lotes 34/37 | Brasilia, DF 70200-650 Brazil | 55 (61) 3442-9700 | Contact Us
Nov
29

What are EAB's beliefs about language learning?

“Children's cultural and linguistic experience in the home is the foundation of their future learning and we must build on that foundation rather than undermine it.” 
(Jim Cummins)

WHAT ARE EAB’S BELIEFS ABOUT LANGUAGE LEARNING?

EAB is a monolingual school in a Portuguese speaking country with a culturally diverse population. As an American school, English is the language of instruction of the educational environment at EAB. However, respect to students’ identities, cultures, mother tongues and prior knowledge, plays an essential role in the learning process. A student's first language is seen as an asset and should be used to leverage their acquisition of a new language. First languages can be used as a scaffold for, but never in place of the target language. 

The English Language Learning (ELL) Department at EAB provides services in the Lower and Upper School for students who need to acquire English and develop the necessary language skills to meet the academic requirements of the mainstream curriculum. ELL and classroom teachers evaluate the circumstances in which cross-linguistic transfer benefits the students. Instructional strategies are explored in order to optimize and develop linguistic proficiency in the target language without undermining the student’s bilingual development.

In order to best support our English language learners, EAB has adopted the WIDA Model Assessment to provide data regarding the instructional needs of our students for  ELL and classroom teachers. This assessment tool is also used annually to determine student growth and the level of support that they may need throughout the year. The emergence of WIDA at EAB has supported program growth as we have developed a range of documents and procedures that guide instruction. The need for teacher collaboration is key to ensure that strategies are being optimized to improve language learning. 

The ELL Department provides support through the following delivery models: 

  • Pull-out - students meet in small groups, outside of the regular classroom to learn academic vocabulary that will help them learn the necessary language for success and survival in school.
  • Push-in – ELL teachers support students within the regular classroom, scaffolding or modifying assessments and classroom tasks to meet individual English performance levels.
  • Monitoring – the classroom teacher and ELL teacher periodically collaborate to discuss students’ challenges and work together to scaffold assignments.
  • Co-Teaching - classroom and ELL teachers work in tandem to extend academic language usage and support all students as learners of academic language.

WHAT CAN YOU DO AS PARENTS TO HELP YOUR CHILD ACQUIRE ENGLISH?

  • Understand the importance of reading regularly - this develops not only their general ability to understand what is read, but it  also increases vocabulary and provides models of grammar and sentence structures that will help in writing.
  • Understand the importance of oracy - they will only improve English proficiency in oral expression and comprehension if they are encouraged to practice, listening to e-books or DVD's in English. For speaking practice, students can give a summary of the main events in the stories they have read or heard.
  • Avoid unnecessary absences - encouraging regular school attendance is essential for success. Consistency is key in acquiring a new language.
  • Stay in touch with teachers.

The suggestions made above will help students improve their general language proficiency, benefit school work and ensure a level of success that promotes a high sense of self-efficacy.

ELL Department




"A experiência cultural e linguística das crianças no lar é o alicerce do seu futuro aprendizado e nós devemos construir sobre esse fundamento ao invés de miná-lo".
(Jim Cummins)

O QUE A EAB PENSA SOBRE A APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS? 

A EAB é uma escola monolíngue em um país de língua portuguesa e com uma população culturalmente diversificada. Como uma escola americana, o inglês é o idioma de instrução dentro do ambiente educacional da EAB. No entanto, o respeito às identidades dos alunos, às culturas, às línguas maternas e o conhecimento prévio desempenha um papel essencial no processo de aprendizagem. O primeiro idioma do aluno é visto como uma habilidade positiva e deve ser usada para potencializar o uso do idioma alvo. A língua materna pode ser usada como um trampolim para o alcance dos objetivos mas sem substituir a língua alvo.

O Departamento de Apoio à Aquisição de Língua (ELL) da EAB presta serviços para os alunos do Ensino Fundamental I e II e do Ensino Médio que precisam adquirir o inglês e desenvolver habilidades linguísticas necessárias para atender aos requisitos acadêmicos do currículo. Os professores de ELL e os de sala de aula, juntos, avaliam as circunstâncias adequadas onde a  transferência entre línguas possa beneficiar os estudantes. Estratégias de instrução são exploradas para otimizar e desenvolver a proficiência linguística na língua alvo sem prejudicar o desenvolvimento bilíngue do aluno.

Para melhor apoiar nossos estudantes, a EAB adotou um teste de avaliação chamado WIDA Model para fornecer dados aos professores de ELL e aos de sala de aula sobre as necessidades de instrução. Esta ferramenta de avaliação também é usada anualmente para determinar o crescimento dos alunos e o nível de suporte que eles possam precisar ao longo do ano. O surgimento do WIDA na EAB tem apoiado o crescimento do programa à medida que foi desenvolvido uma variedade de documentos e procedimentos que orientam a instrução. A necessidade de colaboração de professores é fundamental para garantir que as estratégias sejam otimizadas para melhorar a aprendizagem da língua inglesa.

O departamento de ELL oferece suporte através dos seguintes modelos:

  • Pull-out - os alunos se encontram em grupos pequenos, fora da sala de aula regular, para adquirir vocabulário acadêmico que os ajudará a aprender a linguagem necessária para o sucesso e sobrevivência na escola.
  • Push-in - os professores de ELL apoiam os alunos dentro da sala de aula regular, dando suporte ou modificando as avaliações e tarefas da sala de aula para adequar aos níveis individuais.
  • Monitoring - o professor de sala de aula e de ELL periodicamente colaboram para discutir os desafios dos alunos e trabalhar juntos para dar suporte nas tarefas.
  • Co-Teaching - Os professores de sala de aula e ELL trabalham em conjunto para ampliar o uso do idioma acadêmico e apoiar todos os alunos como aprendizes da linguagem acadêmica. 

O QUE VOCÊS PODEM FAZER COMO PAIS PARA AJUDAR SEU FILHO A MELHOR ADQUIRIR O INGLÊS?

  • Entender a importância da leitura regular - isso desenvolve não só a capacidade geral de entender o que se lê, mas também aumenta o vocabulário e fornece padrões gramaticais e estruturas de sentenças que ajudarão na escrita.
  • Compreender a importância da oralidade em inglês - os alunos só irão melhorar a sua proficiência na expressão e compreensão oral da língua se forem encorajados a praticar e a ouvir e-books ou DVDs em inglês. Para praticar a fala, os alunos podem fazer um resumo dos principais eventos nas histórias que leram ou ouviram.
  • Evite ausências desnecessárias - incentivar a frequência escolar regular é essencial para o sucesso. A consistência é fundamental na aquisição de um novo idioma.
  • Mantenha contato com os professores.

As sugestões feitas acima ajudarão os alunos a melhorar sua proficiência linguística em geral, a beneficiar o trabalho escolar e garantir um nível de sucesso que promova um salto no senso de auto-eficácia.

Departamento de Apoio à Aquisição de Língua (ELL)

Archive
Welcome! Please sign in:

Can't access your account?